• Telefones:
  • (81) 3055-1059 | 9 8237-8786 | 9 8200-9085

contato@mplanosdesaude.com.br        |

 

 

Tabelas de preços de planos de saúde Pessoa Física Recife-PE

 

Estamos sempre pensando em nossos clientes, por isso disponibilizamos as tabelas de preços para que escolha o seu plano adequado.

Se você também precisa de mais informações e quer conhecer melhor os planos?  Estamos aqui para auxiliar.  

 

Planos de saúde Pessoa Física

 

Tabela plano de saúde Amil PE

A maior operadora de planos. Oferece para empresas a partir de 2 usuários e aceita todos os tipos de CNPJ. Cobertura nacional e a maior rede de atendimento.

Tabela de preços Amil saúde Pessoa Física

 

 

Tabela plano de saúde Bradesco PE

Bradesco saúde é uma das maiores seguradoras do país e traz planos com ampla cobertura e abrangência nacional, planos para Servidores públicos, comerciários e profissionais liberais com carteira de conselho (consultar).

Tabela de preços Bradesco saúde Pessoa Física

 

 

Tabela plano de saúde Hapvida PE

Hapvida surgiu no estado do Ceará e atualmente é a maior operadora no formato rede própria no país, atende em todo norte e nordeste. Planos individuais e familiar.

Tabela de preços Hapvida saúde

 

 

 Tabela Plano de saúde Sul América PE

Sul América a maior seguradora de saúde, odonto, auto e muito mais. Planos com coberturas completas para pessoa física portador de carteira de conselho (consultar), estudante secundarista e servidor público.

Tabela de preços América saúde Pessoa Fisica

 

 

Tabela Plano de saúde Unimed Recife

Unimed Recife a maior rede de médicos cooperados com mais de 1965 profissionais para lhe atender, planos estaduais e nacionais para pessoa física e empresas a partir de 2 sócios 

Tabela de preços Unimed Recife Pessoa Física

 

 

Publicado em Blog

 

PRECISANDO DE UM PLANO DE SAÚDE EM RECIFE -PE?

plano Amil saúdeplano Bradesco saúde  Plano Hapvida saúde Recife    Plano Lifeday saúde Recife Sul América saúde Recife   Unimed Recife Plano de saúde

Clique nas imagens e acesse os valores dos planos de saúde

 

Por que fazer um plano de saúde ?

É indicado ir ao médico pelo menos 1 vez ao ano para realizar exames como exame de sangue ou de urina para identificar doenças antes de manifestarem sintomas, facilitando seu tratamento. Também é importante ir ao médico quando se tem o hábito de tomar analgésicos ou laxantes mais de 3 vezes por mês para identificar a causa e, assim curar a doença rapidamente. Por isso você precisa de um plano de saúde em Recife.

Os 3 motivos para ir ao médico antes de se sentir doente são:

1. Para fazer exames regularmente

O exame de urina e de sangue que avalia o colesterol total, triglicerídeos, glicemia, hemograma e os valores da tireoide, por exemplo, servem para identificar doenças que são silenciosas e que só apresentam sintomas numa fase avançada.

Faça a cotação de plano de saúde agora mesmo, clique aqui 

Assim é recomendado que:

  • Adultos façam este tipo de exames 1 vez ao ano;
  • Idosos façam exames de 6 em 6 meses, e
  • Pacientes crônicos façam exames de 3 em 3 meses ou segundo orientação médica.

2. Se tomar analgésico mais de 2 vezes por semana

Os analgésicos são úteis para aliviar a dor e promover o bem-estar mas, não devem ser usados sem conhecimento médico porque podem prejudicar o figado e os rins. No entanto, também podem mascarar sintomas que precisam ser diagnosticados para o devido tratamento, como artrite ou tendinite, por exemplo.

Assim, quem toma mais de 2 analgésicos por semana, para a dor de cabeça, costas, nos ossos ou remédio para dormir deve ir ao médico para identificar a origem da dor.

3. Se existe história de doença crônica na família

Em caso de familiares com pressão alta, diabetes ou colesterol elevado é importante ir no médico para diagnosticar precocemente o surgimento da doença, pois há mais chances de ter a mesma doença.

Além disso, no caso de familiares com câncer é fundamental manter a vigilância no médico, para que, no caso de surgir, seja possível detetar ainda numa fase inicial.

Principais sintomas para ir no médico

Alguns sinais que podem indicar necessidade de ir no médico incluem:

Sintoma Médico

Menstruação não desce ao final de uma semana

Ginecologista
Sentir cansaço realizando um pequeno esforço, como fazer a cama Cardiologista
Estar com tosse pelo menos 15 dias seguidos Pneumologista
Chorar diariamente e ter dificuldade em dormir Psiquiatra
Ter manchas ou sinais na pele que aumentam de tamanho, formato ou de cor Dermatologista
Não conseguir ler as legendas de um filme Oftalmologista
Ter de por a televisão alta e falar muito alto Otorrino
Ter dores frequentes nas costas ou nos joelhos Ortopedista
Beber muita água e ter muita sede Endocrinologista

Além destes sintomas existem outros que podem indicar alguma alteração no organismo e, por isso, deve-se estar atento a qualquer alteração que ocorra e que não é frequente.

Qual médico procurar

Embora a pessoa seja saudável é muito importante ir todos os anos no:

  • Clínico geral - para observar o paciente e indicar um exame de sangue, de urina ou fezes;
  • Cardiologista - para avaliar a pressão e realizar um eletrocardiograma indicado para verificar o funcionamento do coração e detetar problemas como hipertensão, aterosclerose ou insuficiência cardíaca;
  • Ginecologista: para realizar um papanicolau e ecografia ginecológica que serve para vigiar o útero e os ovários e detetar o surgimento de câncer, além de realizar uma mamografia;
  • Dentista: que permite observar a dentição e tratar rapidamente o desenvolvimento de caries.
  • Proctologista: a partir dos 45 anos de idade é importante para fazer o exame PSA e avaliação da próstata.

Entre em contato e solicite a tabela de preços dos planos de saúde em Recife sem Compromisso !

 tabela de preços plano de saúde recife

Criado por:  
Publicado em Blog

 

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 69,7% dos brasileiros não possuem plano de saúde particular – seja individual ou empresarial. Segundo o levantamento, divulgado hoje (21), esse percentual é ainda maior entre as pessoas das classes C, D e E,  atingindo 77%.

A pesquisa destaca que 44,8% dos entrevistados sem plano de saúde disseram utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS) principalmente os entrevistados das classes C, D e E (51,4%) quando precisam de atendimento. O restante afirmou que arca com dinheiro do próprio bolso para pagar pelos serviços necessários.

Segundo o levantamento, 38,5% dos entrevistados sem plano de saúde não souberam precisar com que frequência utilizam a rede pública de saúde. Eles manifestaram insatisfação em relação ao SUS, sobretudo quanto à demora no tempo de atendimento.

Entre os entrevistados que possuem um plano de saúde privado, o preço acessível foi o fator de decisão mais citado para definição do convênio (42,5%), seguido pela qualidade da rede credenciada (33,3%) e pela recomendação de outras pessoas (22,3%).

Segundo a pesquisa, R$ 439,54 é o valor mensal médio que o brasileiro paga pelo plano de saúde. Dos que têm convênio privado, 42,2% disseram pagar do próprio bolso na situação de o plano de saúde não cobrir totalmente ou parcialmente as despesas necessárias. O levantamento mostra ainda que 97,1% dos beneficiários de planos de saúde estão com o pagamento das mensalidades em dia; e 69,1% dizem serem bem ou muito bem atendidos pelos seus planos de saúde particular.

“Os dados mostram que o plano de saúde é considerado uma prioridade para grande parte de seus usuários. É um serviço de primeira necessidade, relacionado aos cuidados de um bem maior, que é a vida. É tanto que a taxa de inadimplência declarada é baixíssima”, afirma Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

A pesquisa foi feita com consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas. Foram feitas 1,5 mil entrevistas, de 15 a 26 de setembro de de 2017, com uma margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Por : Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

Edição: Amanda Cieglinski
Publicado em Blog

A sua expectativa de vida cresce com cuidados muito simples

Comer melhor, dormir bem, movimentar o corpo, se reunir com os amigos. Estes e outros hábitos saudáveis nos ajudam a garantir uma vida melhor e mais longa. Confira abaixo 12 medidas essenciais para aumentar a sua expectativa de vida. A ciência comprova.

Comer melhor

O cuidado com o que vai no seu prato é um dos pontos centrais para alcançar uma maior qualidade de vida. O abuso de alimentos ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares é um gatilho para doenças como infarto, derrames, hipertensão, obesidade, diabetes e até câncer. Em contrapartida, é fácil incluir no cardápio alimentos heróis da resistência e da longevidade. Cientistas da Universidade Park, nos Estados Unidos, concluíram que consumir mais oleaginosas (nozes, castanhas, avelãs, amêndoas e pistache) reduz o risco de males cardíacos entre 25% e 39%, quando consumidos cinco vezes por semana. Elas são ricas em gorduras boas, em especial o ômega 3, que diminuem as taxas de colesterol ruim e evitam a formação de placas de gordura que obstruem as artérias. O Centro de Pesquisas Médicas de Cardiff, no País de Gales, comprovou que vítimas de ataques cardíacos aumentaram as chances de evitar novos problemas em 29%, quando passaram a comer peixe pelo menos duas vezes por semana, graças a presença do ômega 3.

Durma bem

Repor as energias do dia com uma boa noite de sono é mais do que importante, é essencial! Um estudo da American Academy of Sleep comprovou que dormir bem é um dos segredos para a longevidade. Dos 2.800 participantes da pesquisa, os 46% que relataram insatisfação com a saúde tinham também má qualidade de sono. Uma outra pesquisa da Associated Professional Sleep Societies afirma que quem sofre de insônia crônica corre três vezes mais risco de morrer em comparação à pessoas que não sofrem com o problema. Para os pesquisadores, o ideal são pelo menos 7 horas e meia de sono por dia.

Mexa-se

Os benefícios da atividade física para a saúde do organismo somam uma lista extensa. Dizer não ao sedentarismo significa afastar de perto doenças como a obesidade, hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, além de dar mais disposição e energia. Para colher todos esses benefícios, basta andar. Uma pesquisa da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, comprovou que a caminhada reduz a pressão arterial na primeira hora e, o que é melhor ainda, essa queda se mantém nas 24 horas subsequentes. O cérebro também fica mais afiado. Um estudo norte-americano recente, publicado na revista Neuroscience, mostrou que durante os exercícios o corpo produz uma substância que estimula o nascimento de novos neurônios, o que melhora nossas atividades cognitivas, em especial a memória.

Levante-se da cadeira

Levante-se da cadeira. A Sociedade Americana de Câncer descobriu que não é apenas a falta de atividade física que pode encurtar a vida, mas também a grande quantidade de tempo gasto sentado. Tudo porque quando ficamos frequentemente sentados e por muito tempo o nosso metabolismo se altera e influencia em fatores como colesterol alto e repouso da pressão arterial, que são indicadores da obesidade, problemas cardiovasculares e outras doenças crônicas. Por isso, nada de ver a vida passar da cadeira. "Para quem precisa trabalhar sentado, exercícios simples de alongamento vão trazer maior oxigenação e ajudar no reposicionamento do corpo para alcançar o equilíbrio postural", ensina o fisiologista do esporte Raul Santo de Oliveira.

Dê olho na balança

Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, e a prática de exercícios físicos regulares vão te ajudar a manter o peso ideal. O sobrepeso e a obesidade, além de elevar os riscos de diabetes, derrame, hipertensão e apneia, estão por trás de 30% dos casos de câncer, de acordo com dados levantados pela União Internacional de Combate ao Câncer (UICC). Por isso, a regulação da dieta é fundamental. Além de melhorar a saúde e a autoestima, a perder peso também favorece a memória, segundo pesquisas feitas pelo Hospital das Clínicas, de São Paulo.

Controle os nervos

Apesar de não ser considerado doença, o estresse pode favorecer o aparecimento de doenças psico-fisiológicas e, por isso, precisa ser observado e controlado. "Quanto maior for o nível de estresse, maior será a deteriorização física e psicológica da pessoa", mostra a psicóloga Sandra Leal Calais, da Unesp. O estresse também é fator de risco para os problemas do coração. Foi o que concluiu uma grande pesquisa feita em Campinas e São Paulo pela Secretaria do Estado da Saúde. Entre as mais de 100 mil pessoas analisadas, 46,8% sofriam algum tipo de estresse e tiveram seus níveis de problemas cardiovasculares aumentados.

Sorria para a vida

Nada melhor do que o humor para combater os percalços que aparecem. O bom humor pode manter as pessoas saudáveis e aumentar as chances de uma vida longa, segundo estudo recente da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, que avaliou mais de 53 mil pessoas durante sete anos. Os pesquisadores descobriram, por meio de alguns testes, que os participantes que eram mais bem humorados tinham o risco de morte reduzido em até duas vezes. Para melhorar a sua atitude positiva diante da vida, aposte em uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins. A dica vem direto da Universidade de Essex, no Reino Unido, que descobriu que praticar atividades ao ar livre, por mais curtas que sejam (10 minutos bastam!), melhoram significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e para a autoestima.

Respire bem

Separar uns minutinhos para prestar atenção na respiração pode ser a receita ideal para combater os desgastes mentais e físicos e, até a insônia, aumentando assim a sensação de bem-estar. Um estudo da universidade de Johns Hopkins, nos Estados Unidos, mostrou que pessoas que apresentam sérias dificuldades para respirar durante o sono têm 50% a mais de chances de morrer antes que alguém da mesma idade que não sofre das mesmas condições.

Apague o cigarro

Por falar em respiração, não é só da sua que você precisa cuidar não. Já parou para pensar que seu cigarro causa males terríveis ao seu organismo, mas também das pessoas ao seu redor. Um estudo da University College London, do Reino Unido, descobriu que a exposição à fumaça do cigarro dos outros pode aumentar em 50% os riscos de sofrimento psicológico. E outro estudo vindo do Canadá trouxe também que o fumo passivo está por trás do aumento de 40% dos casos de sinusite crônica. Portanto, o fumo passivo pode ser pior que a poluição. Mas, os fumantes precisam prestar atenção aos males do cigarro para o próprio organismo. Estima-se que cerca de 200 mil mortes por ano, no Brasil, são decorrentes do tabagismo, responsável pelos riscos aumentados de câncer de pulmão, de boca e doenças cardiovasculares.

Cultive bons amigos

Conseguimos sentir de longe os benefícios que a convivência com pessoas queridas nos traz. Mas, ter uma boa rede de amigos pode ser mais importante do que você imagina. Uma pesquisa recente da Universidade Brigham Young, nos EUA, descobriu que quem vive rodeado de amigos e vizinhos pode viver até 50% mais do que alguém que vive só. Para os pesquisadores, perder o apoio social pode diminuir ainda mais as chances de sobrevivência do que obesidade, fumo ou sedentarismo.

Sexo do bem

Ter uma vida sexual saudável também traz muitos benefícios à saúde. Um estudo realizado pela Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, sugere que fazer sexo com certa frequência diminui os riscos de infarto fatal. Mas, não é só isso não. Ter uma vida sexual ativa contribui para melhorar o humor, relaxar o corpo, melhora o aspecto da pele, aliviar o estresse e a TPM. Além disso, o relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas nos dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

Aprenda a gostar de você

Trabalhe o seu autoconhecimento e sua autoestima para viver melhor. "O conceito que temos sobre nós mesmos é definidor de como nos colocamos e nos portamos na vida, define o valor que vamos dar a nossa pessoa, ao nosso trabalho, as nossas opiniões, as nossas vontades, e aos cuidados para o nosso corpo e nossa saúde. E isso faz toda a diferença. Por isso é essencial ter um bom referencial de si mesmo, saber reconhecer seus valores, suas qualidades, e não ficar só se criticando, se cobrando, focado apenas nas suas limitações e dificuldades", explica o terapeuta Vicente Godinho.

FONTE: www.minhavida.com.br/

Publicado em Blog

Especialista em emagrecimento ensina como continuar perdendo peso mesmo depois das primeiras semanas

É muito comum que algumas pessoas percam peso após adotar uma dieta balanceada e uma rotina de exercícios físicos, mas parem o ritmo de emagrecimento após um tempo – situação conhecida como efeito platô.

De acordo com Rodrigo Polesso, especialista em Nutrição Otimizada para Saúde e Bem-Estar pela Universidade Estadual de San Diego, existem dois erros principais responsáveis pela situação: a redução extrema de calorias e os exercícios aeróbicos de longa duração. “Muita gente acha que vai emagrecer se comer muito pouco e passar horas na esteira  fazendo caminhada”, conta Rodrigo. “Mas depois dos primeiros dias em que você nota uma queda no peso, seu organismo e metabolismo vão se reajustar de forma a economizar o gasto calórico porque interpreta que o aporte de calorias vai ser baixo”, explica.

COMO EMAGRECER DE FORMA SAUDÁVEL

Os passos (simples) que podem ser realizados
Rodrigo lista 3 conselhos que devem ser seguidos para você permanecer perdendo peso mesmo semanas após começar um regime:

1. Encontrar os açúcares escondidos da dieta
Mesmo quem parou de comer doces e alimentos açucarados pode consumir o pó branco na dieta sem perceber. “Preste atenção nos rótulos do que você compra e observe tudo o que come”, sugere Rodrigo. “O açúcar que está no cafezinho ou no molho de tomate pode estar atrapalhando seu emagrecimento”.

2. Eliminar as gorduras adicionadas e não-naturais
Quando se fala em dieta low carb ou Alimentação Forte (que se baseia essencialmente em comer alimentos com alta densidade nutricional e excluir os processados e industrializados), as pessoas abrem as portas para o consumo de gorduras. Só não cometa exageros! “As gorduras naturais de origem animal e vegetal são bem-vindas”, explica Rodrigo. “Mas isso não significa que você deve colocar óleo de coco toda vez que for tomar café ou jogar muito azeite de oliva na salada caso seu objetivo seja emagrecer”, completa.

3. Criar um protocolo correto de jejum intermitente
O último passo para continuar emagrecendo é com períodos mais longos do que o intervalo que você costuma fazer entre as refeições. No entanto, é importante que o protocolo seja seguido de forma correta e com orientação profissional de um nutricionista com conhecimentos sobre o jejum intermitente. “Ao praticar da forma certa, você consegue quebrar o efeito platô”, explica Rodrigo.

Por Redação BOA FORMA

A VISITA CONSTANTE AO MÉDICO É IMPORTANTÍSSIMA, FAÇA SEU PLANO

FONTE: www.boaforma.abril.com.br

Publicado em Blog

Começar um projeto de vida saudável é uma tarefa difícil, mas não impossível. Com alguns ajustes na rotina, é possível se livrar dos hábitos ruins e chegar lá

Deixar hábitos para trás, como comer de forma desregrada e ser sedentária, não é a missão mais fácil do mundo — muito pelo contrário. E para ajudar você nessa missão, listamos oito ajustes fundamentais para você reeducar a alimentação e, o mais importante, de forma contínua e definitiva.

1. Faça um diário alimentar

Sabe aquele caderno de anotações que está esquecido na gaveta? Faça dele o seu melhor amigo. Este é o primeiro passo para você ter noção de onde está exagerando. Funciona da seguinte maneira: anote todas as refeições do dia — inclusive os deslizes. “Ao longo da semana, você terá uma noção melhor da quantidade de comida que ingeriu”, diz a nutricionista Glauce Carvalho, da Clínica Saúde Carvalho, de São Paulo.  

2. Trace objetivos

 “Reeducar sua rotina, com alimentação saudável e atividade física, só vai dar certo se for um projeto de vida. Mas é importante também celebrar as conquistas menores.” Trace dois objetivos, um a médio e outro a longo prazo. Cada etapa deve ser comemorada, até atingir o seu objetivo maior.

3. Use as redes sociais a seu favor

As redes sociais podem arrancar a coragem que você achava que não tinha para malhar. Por isso, inspire-se na rotina de exercícios e alimentação das famosas e das blogueiras fitness: pegue receitinhas saudáveis e ganhe ânimo para o estilo de vida saudável. Mas é preciso ter cautela, alerta a nutricionista. “Existe muita informação errada na internet. Consultar um especialista também é importante para avaliar qual dieta é melhor para você.”

4. Encare o exercício físico como prioridade da sua rotina

Começar a praticar uma atividade, em casa, na academia ou no parque, é desconfortável no início, principalmente para quem está muito acima do peso. Mas se manter uma rotina semanal, de no mínimo 3 vezes por semana, vai sentir a diferença na disposição e até na qualidade do sono. “Se movimentar é essencial para aumentar o gasto calórico, mas é preciso tomar cuidado com as compensações. Muitas vezes a desmotivação vem quando se come mais do que se gasta. A dieta é a maior responsável pela perda de peso”, alerta Glauce.  

5. Livre-se de tudo que possa colocar a dieta a perder

Se você quer mesmo mudar de vida, saiba que agora é a hora da limpeza geral na despensa de casa, na geladeira e na gaveta do trabalho. Seja honesta consigo mesma, se não consegue resistir às guloseimas, ao menos evite que elas estejam ao seu alcance: livre-se de bolachas recheadas, sucos e comidas açucaradas e se jogue nas receitinhas saudáveis de BOA FORMA. Pegue esta dica: “Quando for às compras, tenha uma lista dos alimentos em mãos e vá direto aos produtos que precisa. E claro, não faça mercado com fome, pois o risco de não resistir às delícias… É grande.”

6. Organize a sua rotina

Separar um dia para organizar a alimentação da semana inteira é uma opção que pode impedir que, em dias de muito cansaço, você se renda aos pratos calóricos. “Os alimentos pré-cozidos e congelados, como brócolis, couve flor, sopas, caldos, carnes refogadas, deixam a vida mais simples evitam os deslizes. Na hora em que chegar em casa, você terá uma boa parte do cardápio organizado. Depois é só descongelar e fazer um sanduíche ou um prato mais leve”, ensina a especialista.

7. Faça exames

“Os exames de sangue conseguem mostrar ao seu médico e ao nutricionista se existe alguma deficiência de vitamina, de ferro, e se há glicemia e colesterol alto. Ao longo da dieta é preciso fazer outros exames, para saber se o novo plano alimentar esta surtindo efeito”, alerta Glauce.

8. Não seja tão dura consigo mesma

Ser focada é muito importante, mas radicalismo pode gerar frustração. A dica para manter a dieta com equilíbrio é escolher uma refeição na semana para comer aquilo que você gosta – isso vai estimular a não botar o pé na jaca nas demais refeições e, definitivamente, seguir em frente. 

Por Mariana Amorim (colaboradora) BOA FORMA

FONTE: www.boaforma.abril.com.br/

 

Publicado em Blog

Essencial na vida de qualquer ser vivo, a água é considerada uma das melhores aliadas da saúde.

Além de contribuir para o bom funcionamento do organismo, atua de maneira direta em todas as áreas do corpo e é a substância mais abundante no corpo humano, chegando a consistir entre 50 e 65% do peso de um adulto.

Entre seus diversos benefícios e funções estão o fornecimento de nutrientes às células, proteção dos tecidos corporais, controle da pressão do corpo, transporte de oxigênio, hormônios e de produtos indesejáveis que são eliminados pelos rins, participação nas funções de sentidos corporais como, por exemplo, a audição e a visão, auxiliar na digestão e regular a temperatura corporal. E isso é só parte da imensa lista.

A água ainda é necessária na formação dos tecidos do corpo, fornecendo base para o sangue e todas suas secreções líquidas (lágrimas, saliva, sucos gástricos, etc.), que lubrificam os diversos órgãos e as articulações.

Com a ingestão diária de pelo menos 2 litros de água (8 copos médios), é possível evitar muitos problemas de saúde, como hipertensão, cálculo renal, dor de cabeça, dores musculares e, até mesmo, problemas estéticos como pele ressecada, cabelos fracos, inchaço, celulites e muito mais.

A falta de água no organismo pode levar a desidratação, fadiga, intestino preso, câimbras e uma série de problemas de saúde, pois ela é fundamental para o equilíbrio hidroeletrolítico.

Não se esqueça: é fundamental beber água o dia todo, e não apenas nos momentos de sede.

Com essa importância toda, e a necessidade de ingestão constante, preparamos algumas dicas para facilitar sua vida.

Se você não tem o hábito de beber bastante água por dia, essas dicas podem mudar sua vida – e sua saúde!

Água aromatizada

Se a falta de sabor é a sua desculpa para não beber água – ou para trocar a água por refrigerantes e sucos cheios de açúcar – uma boa dica é você colocar pedaços de frutas, gengibre, hortelã, cravo, canela em pau, alecrim ou qualquer outra especiaria na água e levá-la à geladeira.

Assim, a água fica com um leve sabor e aroma, tornando-se mais saborosa e agradável de consumir.

A gente já falou sobre isso aqui no Slim360, e inclusive já mostramos combinações incríveis para aromatizar e dar sabor à água de forma natural!

Mantenha a garrafa de água por perto

Carregar uma garrafinha de água com você é uma prática que facilita muito o consumo do líquido “sagrado”.

Seja no trabalho, na academia, no colégio, na faculdade ou em qualquer lugar, sempre tenha uma garrafa por perto, pois isso estimula o consumo de água.

Crie esse hábito!

E não esqueça: sentir sede é um aviso do corpo de que estamos ficando desidratado.

Evite chegar neste ponto!

Marcar metas – em horas – na sua garrafinha

Algumas pessoas simplesmente esquecem de beber água durante o dia e quando se lembra já está tarde demais para beber a quantidade recomendada.

Para evitar que isso aconteça, você pode colocar em sua garrafa de água marcas com horários pré-determinados, e beber a quantidade de água presente na garrafa para cada hora.

Por exemplo, coloque 8h, 10h, 12h, 14h, 16h, 18h, 20h, 22h, e quando chegar às 14h você deve ter bebido a quantidade de água até a marca de 14h.

Use um app no celular ou despertador

Hoje em dia, com smartphones e outras tecnologias, é muito fácil colocar lembrete para lembrá-la de tomar água.

Existem até aplicativos de celular para fazer isso – com som de cachoeira ou torneira, por exemplo. Mas mesmo o tradicional despertador ou alarme já é suficiente!

Crie uma rotina com a água

Estabelecer uma rotina é uma das melhores formas de se acostumar com qualquer tarefa.

Crie o hábito de tomar um copo de água em momentos específicos do seu dia e, em pouco tempo, você vai fazer isso quase que automaticamente.

Por exemplo: tome um copo d’água ao acordar, outro antes do almoço, antes do jantar, antes de dormir, e assim por diante.

Entenda a importância da água

Se você estiver totalmente informado sobre a importância da água no seu corpo, na sua saúde e na sua vida de um modo geral, beber água se tornará rapidamente um hábito constante.

Não se esqueça de todos os benefícios citados acima e beba bastante água todos os dias.

Muita gente acha que a água tem como função apenas matar a sede, e não entende a real importância dela nas funções corporais.

Fonte: www.slim360.com.br

 

Publicado em Blog

 

Um dos grandes vilões da vida saudável é a falta de motivação, principalmente para fazer atividade física e cuidar da alimentação. Isso interfere muito na disposição e, por isso, é importante saber ingerir os alimentos adequados e nos horários certos.

Para que a alimentação não cause desânimo para malhar ou praticar algum esporte, lembre-se também de que o melhor horário para praticar exercícios é sempre de manhã. Não consegue ter ânimo neste horário? Então descubra como conseguir chegar lá… é fácil!

Benefícios de se exercitar pela manhã

A parte da manhã é o melhor horário do dia para se praticar atividades físicas. Isso porque nos outros horários do dia é preciso ter cuidado com altas temperaturas, principalmente no verão.

Fazer atividades físicas de manhã, ou praticar qualquer outro exercício ou esporte é melhor, pois também ajuda a melhorar o humor e a acelerar e eliminar líquidos e toxinas do nosso corpo, por exemplo.

O humor e a disposição melhoram porque o nosso corpo produz endorfina, que é responsável por inibir as fibras nervosas de transmitir dor, além de diminuir a ansiedade e aumentar a percepção do nosso bem estar.

Portanto, escolha uma atividade física e comece a criar uma rotina. Você pode optar por caminhar, correr ou pular corda, além de várias outras atividades físicas que você pode fazer sem gastar dinheiro.

Dicas para ter mais ânimo pela manhã

Mantenha uma alimentação saudável

Não adianta só criar o hábito de praticar atividades físicas com regularidade. A alimentação também é muito importante, principalmente para te auxiliar a ter disposição para manter o ritmo constante de treinos.

Uma alimentação saudável vai te dar muito mais energia e disposição não só para poder malhar ou praticar o esporte ou atividade física que você quiser, mas também para todas as outras atividades do seu dia.

Para começar, troque aos poucos a gordura e o açúcar por mais frutas, verduras, legumes, cereais e carnes magras. Os benefícios são vários e o seu corpo vai sentir!

Saiba o que comer antes e depois do exercício físico

Quando acordamos, o nosso organismo já gastou todos os nutrientes e energia da alimentação do dia anterior, e o nível de açúcar no sangue pode ser muito baixo.

Por isso é importante se alimentar, principalmente antes de atividades físicas, para que não sintamos tonturas ou fraquezas na hora do treino. Nunca malhe em jejum, porque isso pode trazer sérios riscos à saúde, principalmente logo pela manhã.

Depois do treino também é muito importante saber o que se vai ingerir, já que os efeitos de certos alimentos podem interferir bastante no desempenho pós-treino, como fortalecimento e ganho de massa muscular, por exemplo.

Essas talvez sejam as refeições mais importantes, já que você vai ingerir os nutrientes necessários para manter os níveis de energia adequados para que você dê o seu melhor nos exercícios físicos, colhendo assim melhores resultados depois de finalizados.

As duas refeições também são importantes, pois vão auxiliar na recuperação e crescimento muscular.

Você deve dar preferência para as proteínas e carboidratos, principalmente as encontradas no queijo cottage, nos ovos, carnes magras, batata-doce, pão integral, aveia e diversas frutas.

Aposte no detox para ter um melhor o desempenho do organismo

Além dos exercícios físicos, muitas pessoas acreditam também no poder das dietas detox para auxiliar na boa disposição e desempenho físico.

Uma dieta de desintoxicação é um dos melhores métodos para limpar o organismo de toxinas e químicas. Ela pode ser o que você precisa para melhorar sua disposição e desempenho nas atividades físicas, especialmente matutinas.

Com um forte poder antioxidante e anti-inflamatório, as dietas detox consistem basicamente em comer apenas frutas, vegetais, legumes e ervas específicas para diversas disfunções do organismo, em certo período de tempo.

Mas atenção: tenha cuidado e não exagere, certo? Aquela dieta completamente detox e que permite apenas a ingestão de líquidos não deve ser feita junto com as atividades físicas.

O ideal é mesclar a dieta detox com a ingestão de outros alimentos importantes e ricos em nutrientes essenciais, jamais substituindo as refeições por completo. Coloque a sua saúde em primeiro lugar!

Como fazer uma dieta detox?

A melhor forma de escolher sua dieta detox é de acordo com as suas necessidades. Existem vários cardápios diferentes que você pode escolher.

A desintoxicação na verdade elimina o que faz mal, fazendo com que o nosso corpo funcione de maneira bem melhor. Literalmente, ela limpa o nosso organismo.

Os chás e sucos são os mais famosos. Cada erva, raiz ou fruta, por exemplo, cuida de um órgão ou sistema diferente. Mas não se esqueça de que a água ainda continua sendo o principal ingrediente para desintoxicar o organismo.

O poder dos sucos detox

Dentre todos, os mais famosos são os sucos que contém couve e limão. Eles desintoxicam o organismo, têm ação diurética e aumentam a sensação de saciedade.

O limão possui fibras, vitaminas C e B, além de várias propriedades antivirais.

Muitas pessoas gostam de tomá-lo diluído em água morna em jejum, antes da sua primeira alimentação do dia, pois acreditam que desintoxica o organismo, tem ação diurética e aumenta a sensação de saciedade.

A couve, por sua vez, além de ser rica em antioxidantes, ajuda a emagrecer e combater a celulite. Você pode misturar a verdura com laranja ou cenoura, por exemplo, para que o suco fique mais saboroso.

Os chás também fazem parte do detox

As raízes, folhas e ervas podem ajudar muito na hora de fazer a desintoxicação do organismo, além de trazer vários outros benefícios e o chá de gengibre talvez seja o mais conhecido, além do chá verde.

O chá verde, além de possuir muitos antioxidantes, também ajuda o corpo a combater radicais livres e outras toxinas.

Os princípios ativos deste chá aceleram o metabolismo e também contribuem para a quebra de gordura.

Já o chá de gengibre tem propriedades diuréticas e anti-inflamatórias fortes e ajuda a reduzir a dor muscular. Além disso, aumenta a imunidade, melhora a absorção de nutrientes, e alivia o estresse.

Ele também auxilia no emagrecimento e ajuda a prevenir e tratar algumas doenças como o Alzheimer e até mesmo o câncer.

Não tenha preguiça de começar a mudar

Utilizando todos estes tipos de alimentos que auxiliam no bom funcionamento do organismo, você já está a meio caminho andado se quer fazer exercícios logo cedo.

Quando você se torna mais disposto, a vontade de se exercitar ou de praticar qualquer outra atividade física durante a manhã aumenta, assim como o seu desempenho.

Fazer atividades físicas de manhã ou fazer outro exercício também é bom, pois é bem mais difícil que surjam imprevistos que nos impeçam de treinar, e também ficamos livres durante o resto do dia.

Fonte: www.slim360.com.br

Publicado em Blog

Para uma vida mais saudável e um corpo mais bonito, boa alimentação e atividades física são as duas coisas mais importantes.

Porém, algumas pessoas dão mais importância para a dieta, e outras pensam que só praticando exercícios vão conseguir chegar lá.

Entre a reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos, fica muito difícil dizer qual é o mais importante para manter a forma e o bem-estar.

As duas coisas estão intimamente ligadas e o resultado desta união é infinitamente maior do que fazer cada uma isoladamente.

Quer entender tudo sobre esse assunto? Continue lendo!

Os benefícios de uma alimentação saudável

O corpo humano é uma máquina perfeita, e para que aesta máquina funcione da maneira correta, ela precisa estar sempre abastecida com seu combustível.

Se carros precisam de gasolina, geladeiras de energia elétrica, e moinhos de vento, o corpo humano precisa de nutrientes.

Esses nutrientes só são obtidos em quantidades adequadas a partir de uma alimentação adequada e balanceada.

O problema é que, na maioria dos casos, as pessoas encontram dificuldades em criar essa educação alimentar.

As vitaminas, os minerais e os macronutrientes (proteínas, gorduras e carboidratos) dos quais necessitamos, muitas vezes não são consumidos na quantidade certa – ou até mesmo nem consumidos.

A diferença entre uma pessoa que come bem e outra que se alimenta mal é visível, a começar pelo seu estado de saúde, mas também por sua aparência física.

Quem se alimenta melhor tem mais saúde, mais disposição para realizar suas atividades diárias e mais qualidade de vida.

Um dos principais benefícios da alimentação saudável é o poder de evitar uma série de problemas como a obesidade, o câncer, a osteoporose, e o envelhecimento precoce.

Além disso, a alimentação saudável é capaz de combater a hipertensão, o diabetes, a depressão, o estresse, a ansiedade, a insônia o hipotireoidismo, e tantos outros distúrbios hormonais e problemas de saúde.

Uma nutrição adequada também faz com que as pessoas vivam com mais humor, disposição e concentração, melhorando até mesmo o convívio social, na sua relação amorosa, com a família e amigos.

Os riscos das dietas malucas

O segredo da nutrição saudável é comer um pouco de tudo.

O equilíbrio entre as quantidades de alimentos que ingerimos diariamente e a quantidade de vezes o que o fazemos, contribui para que o nosso metabolismo funcione bem melhor, bem como todo o resto do nosso organismo.

Um dos maiores erros das pessoas é tentar perder peso cortando vários alimentos importantes da sua alimentação, encarando dietas mirabolantes e que prometem demais com tão pouco para se alimentar.

Não faz sentido funcionar e, se funcionar, os resultados desaparecem tão rápido quanto foram conquistados. Cuidado!

Ao ficar sem comer por longas horas, ou se alimentar somente de algumas coisas pode trazer um grande risco para a sua saúde e até mesmo te fazer engordar em vez de emagrecer.

Motivadas pela busca por um padrão de beleza ideal, muitas pessoas acabam perdendo a saúde e até mesmo suas vidas nessas dietas malucas.

Ainda há o risco de a pessoa começar a desenvolver sintomas de várias doenças, principalmente anemia, além de passar mal e desenvolver transtornos alimentares ou compulsão por algum tipo de alimento, causada pelas restrições dessas dietas.

Um dos riscos mais comuns, além da anemia, é a queda de açúcar no sangue, levando a pessoa a desenvolver hipoglicemia, além de outros sintomas que representam a falta de energia no funcionamento do seu organismo.

Benefícios da prática de exercícios físicos

Os exercícios físicos estão aí para auxiliar também na qualidade de vida das pessoas e os seus benefícios são incontáveis.

O nosso corpo foi feito para se movimentar, e a falta disso pode levar também a vários tipos de doenças e outros problemas.

Alguns benefícios são o reforço da nossa musculatura e também do sistema cardiovascular.

Além disso, o exercício é o principal aliado para a perda ou manutenção do peso, para o estímulo do sistema imunológico, e também para a prevenção de diversas doenças.

As atividades físicas, quando praticadas de forma regular, também ajudam a controlar o colesterol, a prevenir a obesidade e melhoram bastante a saúde mental.

Quando uma pessoa decide incluir a prática de exercícios físicos em sua vida, a disposição física melhora consideravelmente.

O sono se regula, os resfriados diminuem bastante, os ossos e músculos se fortalecem e até mesmo a libido aumenta, proporcionando melhor desempenho sexual, com mais condicionamento físico.

Nutrição e atividade física são muito mais poderosos juntos

Quando inseridos juntos na vida de uma pessoa, a nutrição e a atividade física potencializam muito mais os seus benefícios.

Os dois são absolutamente necessários para a saúde e para o bem-estar físico e mental.

Não existe a possibilidade de valorizar mais a alimentação saudável ou a prática de esportes e outros exercícios físicos.

Os dois estão intrinsecamente ligados, e o nosso corpo precisa exatamente deste equilíbrio perfeito!

Sem atividade física, o organismo não consegue nem gastar a energia ingerida com a alimentação, mesmo que a mais saudável delas. A perda de peso só vai acontecer de maneira mais eficaz com a ação dupla dos exercícios e da nutrição.

Exercícios e reeducação alimentar: importante é começar

Esse equilíbrio é bastante difícil de ser encontrado e seguido, mas se você possui essa dificuldade na sua vida, tanto de se alimentar melhor quanto de começar a praticar exercícios e tornar isso um hábito, procure inspirações, motivações e principalmente orientações profissionais.

Um bom nutricionista vai saber desenvolver uma dieta que te servirá da melhor maneira, de acordo com as suas reais necessidades.

Somado a isso, uma academia, um professor ou outro profissional especializado também pode te dar total suporte para que você inclua na sua rotina a prática de atividades físicas.

Além disso, o importante é começar. Com um passo de cada vez, você consegue chegar longe e emagrecer de forma saudável, com uma nutrição e atividade física compatível com a sua vida e os seus desejos.

Fonte: www.slim360.com.br

 

Publicado em Blog

Se você quer mudar de vida e sair do sedentarismo de vez, este post é para você. Porque aqui vamos mostrar o melhor caminho para superar a barreira da preguiça e da dificuldade para começar, e fazer você se livrar desse estilo de vida que faz muito mal à saúde.

Porque, como você já deve saber, uma vida fisicamente ativa, aliada a uma boa alimentação, é o caminho para um corpo saudável e uma vida melhor.

A gente sabe que romper com uma vida parada não é tao fácil quanto parece. Muito pelo contrário, exige esforço e força de vontade.

Pois bem, pensando nisso, levantamos uma lista com exercícios simples e fáceis para você começar a mudar sua vida de uma vez por todas!

Assim você pode começar agora mesmo e acabar com essa vontade de ficar muito tempo no sofá.

Corra do sedentarismo

O sedentarismo oferece muitos riscos. É isso mesmo: ficar parado por muito tempo pode afetar a saúde e até a sua vida.

A vida sedentária faz com que a pessoa não use os sistemas orgânicos presentes no seu corpo. E essa medida gera uma regressão funcional que não faz nada bem.

O ideal é que as pessoas estimulem o seu corpo e façam com que ele esteja em movimento sempre, medida que evita muitos problemas físicos e até o aparecimento de doenças.

Você já reparou que as pessoas sedentárias têm uma tendência maior ao aparecimento de doenças? Hipertensão, infarto, osteoporose, diabetes e obesidade são apenas alguns exemplos.

Motivos de sobra para começar a se exercitar, concorda?

Principais atividades

Para escapar desse ciclo de preguiça, levantamos atividades simples e bem tranquilas para você adotar nesse período da sua vida. Veja:

Atividades domésticas

Cuidar da casa envolve esforço. E esforço físico!

Lavar roupa na mão, lavar a louça, varrer a casa e limpar o banheiro são bons exemplos de atividades domésticas que podem ser consideradas exercícios físicos

Você deve se esforçar para atingir pelo menos 30 minutos por dia, a parcela recomendada para romper de vez com o sedentarismo.

Escolha andar

Sempre que tiver a oportunidade de andar um pouco a mais, você deve abraçar a causa. Tente começar indo a pé naquela padaria que não fica tão longe da sua casa, pegar o ônibus um ponto depois do que você está acostumado, parar o carro um pouco mais longe do trabalho, etc.

Essa é uma medida simples e que pode trabalhar na sua mente com uma mudança significativa de hábitos.

Assim você começa andando um pouco mais a cada novo dia, sem uma mudança muito drástica e difícil. Dá para fazer, né?

Vá de escada

A opção de subir escadas, mesmo tendo um elevador por perto, pode ser uma ótima maneira de se exercitar.

Sempre que for possível, escolha esse caminho. Isso não significa que você precisa subir 15 andares de escada todos os dias. Se você for a uma andar baixo, como o primeiro, o segundo, até o terceiro, pode fazer o trajeto de escada. Se for a uma andar alto, faça uma parte de escada, outra com o elevador.

A realidade também pode se adaptar para o seu dia a dia, no trabalho ou até no shopping — é só optar pela escada normal e não a rolante.

Alongue-se

O alongamento é uma delícia e é uma ótima maneira de sentir o seu corpo e exercitar.

Você pode começar de uma maneira bem tranquila e depois, conforme for sentido, ir forçando um pouquinho a mais a cada dia.

Ande de bicicleta

Se você tem a opção de trocar o carro por uma bicicleta para ir ao trabalho, o que está esperando? Essa é uma maneira gostosa de aproveitar melhor a vida, o vento no rosto e o momento – além, claro, de se manter ativo diariamente.

Só não se esqueça de usar capacete!

Faça caminhadas

A caminhada é um ótimo exercício físico. Sem contra-indicação, a medida pode ser adotada em uma esteira ou ao ar livre, trazendo aquela sensação gostosa.

Especialmente para quem é iniciante e está no sedentarismo há muito tempo, a caminhada pode ser leve e pode ser praticada em diferentes horários, lugares e ocasiões.

Assim fica muito mais fácil de correr daquela desculpinha e não se exercitar!

Além disso, você não precisa de nada para caminhar, nenhum tipo de aparato muito elaborado. Apenas roupas confortáveis e tênis.

Dance

Dançar é uma maneira diferente e divertida para fugir do sedentarismo. Se você não se encaixa na maioria das atividades que compartilhamos, talvez a dança seja uma ótima opção.

Você pode optar pelas danças de salão, as da academia e até modalidades dos videogames, dançando em casa mesmo.

Leve o cachorro para dar uma volta

Se você tem um cachorro ou algum outro animal de estimação, sabe que precisa dar algumas voltinhas com ele de vez em quando, não é?

Se essa volta durar pelo menos 30 minutos, já entrou na lista de atividades que podem fazer você fugir no sedentarismo. Essa é uma maneira eficiente de fazer bem para você e para ele também.

Pule corda

Você provavelmente já fez isso quando era mais nova, mas não imaginava os benefícios que essa atividade tem.

Para começar a praticar você só precisa de uma corda e um espaço livre, que pode ser em casa mesmo.

Essa é uma maneira de se exercitar e queimar muitas calorias também!

Escolha uma modalidade que você goste

Você também pode escolher praticar musculação, pilates, natação, yoga, vôlei e etc. Opções e modalidades é o que não falta, né?

Mas o prazer em realizar cada uma delas varia muito de pessoa para pessoa. Portanto, fique de olho na que você mais gostaria de praticar e busque um exercício que você se identifique!

E claro, como você não está acostumada, não adianta ir querendo abraçar o mundo. Vá com calma, comece aos poucos, com exercícios mais leves e respeitando os limites do seu corpo.

Essa medida ajuda a evitar o desgaste e até possíveis lesões. Para espantar o desanimo, você também pode variar as atividades. Não é porque começou pulando corda que precisa se sentir preso a esta modalidade.

Você pode dançar em um dia, fazer musculação no outro e alongamento no próximo. Assim você evita a monotonia.

Procure acompanhamento de um profissional

Esse é um ponto muito importante: antes de começar, não se esqueça de conversar com o seu médico. Assim ele te orienta na atividade adequada e faz uma supervisão no seu caso específico.

As atividades mais simples você pode fazer em casa sem acompanhamento, mas, para as mais elaboradas, busque uma supervisão para ter certeza que está praticando corretamente.

Nós já compartilhamos um texto de como vencer as desculpas e ter uma vida muito melhor. Para complementar, você pode ler e romper com a mentalidade de desculpas para não se exercitar.

Fonte: www.slim360.com.br

 

Publicado em Blog
Página 1 de 2

Nosso Endereço

Ligue e agende sua visita
Telefone: (81) 3055-1059
Celular: (81) 9 8200-9085
WhatsApp:(81) 9 8237-8786